Notícias

10/10/2006

A cidade passa pela janela do ônibus

A cidade passa pela janela do ônibus

Fatos corriqueiros da cidade passam desapercebidos na nossa corrida vida diária. Mas um passeio de ônibus em um belo dia de semana, quebrando a rotina de casa-escola-casa, vivida pela maioria das crianças e adultos que freqüentam a Escola da Apae é, realmente, “tudo de bom”. Ver a cidade de dentro do ônibus articulado – a pedido dos alunos não podia ser outro – foi realmente um dia especial para os 203 estudantes da escola Caminho da Luz. Trânsito, prédios, terminais de passageiros, gente, inclusão social enfim. Sentado em sua cadeira de roda, Lucas da Silva Peruchi brindou a galera com músicas sertanejas, enquanto Júlio César Cruz não perdeu a oportunidade de sentar na cadeira do cobrador. Afinal, ele quer mesmo é trabalhar com ônibus. Além deles, outros 200 colegas, com vários tipos de deficiência, jovens e adultos, aproveitaram o passeio, que foi pautado pelo dia da criança. “Durante a semana do deficiente, combinamos de fazer esse passeio, onde as empresas de transporte coletivo e a ACTU se uniram para também distribuir brindes e fazer um belo pique-nique”, observa Nádia De Brida Andrade, Coordenadora de Recursos Humanos da Expresso Coletivo Forquilhinha. Para a diretora da Apae, Maria Neiva Mezari Borges, o dia foi uma oportunidade de socializar e interagir com a comunidade, trabalho que a entidade desenvolve a cada dia e que busca parceiros, como as empresas de ônibus, que abram suas portas para a inclusão social.

Faça um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal por favor nos avise entrando em contato.
Enquete
Enquete Participe de nossas enquetes. Sua opinião é muito importante para nós. Veja nossas enquetes