Notícias

02/04/2012

Turminha do Futuro inicia sétima edição em abril

Turminha do Futuro inicia sétima edição em abril

Um dos projetos de responsabilidade social empresarial de maior destaque no Estado de Santa Catarina tem sua sétima edição programada para iniciar no dia 11 de abril, com a primeira viagem de estudos incluídos nas sete unidades estudadas pelo projeto. O Turminha do Futuro, desenvolvido em uma parceria das empresas de transporte coletivo de passageiros de Criciúma, já atendeu mais de cem escolas. Os números só não são mais expressivos que o aprendizado dos milhares de alunos que já integraram o projeto, que consiste na metodologia de aulas vivas nos principais aspectos culturais, históricos e econômicos que formam a sociedade criciumense. “O aluno não é apenas um viajante na Fantástica Viagem da Turminha do Futuro Rumo ao Mundo do Saber. É transformador de si e da sociedade. Por isso, o professor deve ser um mediador para que o aluno transforme o conhecimento se comprometendo para o bem da vida e da sociedade”, explica a autora do projeto, Iracema de Lorenzi Cancelier Zomer. O Turminha do Futuro é uma parceria da Auto Viação Critur, Expresso Forquilhinha, Expresso Rio Maina e ZTL, empresas que transportam mais de 1,4 milhão de pessoas por mês em Criciúma e estão ligadas à ACTU (Associação Criciumense de Transporte Urbano). Ele funciona da seguinte forma: um ônibus especial temático, equipado com TV, computador, internet, entre outros recursos multimídia, percorre sete pontos de Criciúma durante o ano, que representam aspectos históricos, físicos, territoriais, demográficos, econômicos, de infraestrutura, de serviços públicos, culturais, folclóricos, turísticos e político-administrativos do município de Criciúma. Na viagem, os alunos de 7 a 10 anos matriculados no 3º e 4º anos das escolas das redes pública e privada, contemplados pelo programa, conhecem in-locu esses aspectos, que ajudaram a contribuem para a formação da sociedade atual. A proposta pedagógica extracurricular envolve todas as disciplinas e é complementar ao conteúdo visto em sala de aula. Possui vantagens já percebidas ao longo dos seis anos de projeto, aprimorando conhecimento e instigando o aluno a aprender, não apenas a estudar. “As crianças ficam mais interessadas pelos assuntos. Elas olham, questionam, pegam e até sugerem mudanças no que estão aprendendo. É fantástico”, garante Iracema. “As crianças interagem com sua terra, com sua gente e com as instituições, trocando experiências”. O projeto de responsabilidade social ganha cada ano mais corpo e envolve um número cada vez maior de pessoas, deixando intrínseca a importância do indivíduo para a sociedade não somente ao aluno, mas também às famílias, que acabam interagindo com as ações do Turminha do Futuro. “O projeto surgiu da vontade dos proprietários das empresas em deixar uma contribuição para a sociedade. Muitas escolas nos pediam ônibus emprestados para fazer passeios, então decidiu-se criar um projeto que contemplasse os passeios e também auxiliasse no aprendizado”, frisa Iracema. O projeto foi apresentado na noite de quarta-feira (28/03) para pais, professores, diretores e alunos das 11 escolas que em 2012 farão parte das viagens. Empresários das empresas envolvidas estiveram presentes e ressaltaram a importância do projeto de responsabilidade social. A cada viagem, é obrigatória a participação do professor da classe, de um representante do bairro onde a escola está situada, de ao menos um pai ou responsável por um aluno e da pedagoga do projeto, além do motorista e de um assistente. O ônibus chamado Amarelinho está repaginado para o projeto em 2012. O veículo foi doado pelas empresas participantes e estruturado para atender as necessidades do projeto. Ele foi adaptado com formato de teatro e possui ar-condicionado, mesas e cadeiras, geladeira, janelas panorâmicas, além do kit multimídia que auxilia no aprendizado nas viagens. O material pedagógico é composto também por mochila, estojo, livros e DVD’s. Além do livro 1, que contém sete capítulos contando a história de Criciúma, o aluno recebe o livro 2, com jogos e passatempos relacionados ao tema. Escolas envolvidas “Neste ano, 11 escolas participam da viagem ao fantástico mundo do saber”, conta Iracema. São as seguintes: (municipais) Augusto Pavei, Giácomo Búrigo, Jovito Thiago Campos, Acacio Alfredo Vilain, Padre Paulo Petruzzellis e Vilson Lalau (estaduais) Joaquim Ramos e Ministro Jarbas Passarinho, (filantrópica) Instituto de Educação Especial Diomício Freitas (particulares) Colégio São Bento e Colégio Marista. Ao todo, serão atendidos 417 alunos.

Faça um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo impróprio ou ilegal por favor nos avise entrando em contato.
Enquete
Enquete Participe de nossas enquetes. Sua opinião é muito importante para nós. Veja nossas enquetes